Melhores experiências na Europa: Descubra aqui!

O continente europeu tem algumas das melhores atrações do planeta. O legal é que são variadas e agradam a todos os gostos, de diferentes turistas.

Muita gente fica focada de apenas conhecer a Torre Eiffel em Paris, o Vaticano, em Roma e ver o Big Ben em Londres.

Claro que isso vale super a pena também, mas nada de ficar focado apenas nisso, combinado?

Com essa meta de vida, listamos aqui uma listinha nada convencional para se visitar na Europa. Acompanhe. 

1. Mergulhe em um banho termal em Budapeste

Se você tem dúvidas sobre o que fazer em Budapeste os maiores prazeres de se visitar essa cidade são os banhos termais espetaculares: as joias arquitetônicas cercam uma rede labiríntica de saunas, banhos de vapor e piscinas naturalmente quentes cuja água mineral brota diretamente do solo.

Embora a cidade esteja repleta desses spas termais, as visitas obrigatórias incluem o mundialmente famoso Gellert e os banhos Király e Rudas do século XVI, construídos na Turquia.

2. Veja e conheça as encostas das Dolomitas italianas

Passe alguns dias esquiando nas encostas preparadas de Cortina Ampezzo – e certifique-se de fazer uma pausa para alguns Aperols no terraço Rifugio Averau – seguido de noites na cidade com boa comida e bebida.

 Ao contrário dos resorts de esqui franceses, onde você se veste a noite para sair com as mesmas roupas de esqui, Cortina Ampezzo, na Itália é outro esquema: aqui é a regra você  esquiar, tomar banho e vestir algo bonito todas as noites, porque tem boas baladas e gente bonita. 

Comece no Cafe La Suite, depois vá para a P126 e certifique-se de apreciar a cavalgada do glamour dolce vita desfilando pelo Corso Italia, a cena de inverno aquecida por luzes âmbar suaves e grandes taças de vinhos italianos.

3. Vá em todas as ilhas na Grécia que você puder

melhores-experiencias-na-europa-descubra-aqui
Ilhas Paxi, Grécia

 

Vá de ilha em ilha grega – e melhor ainda se você não tem ideia de para onde está indo (confessa aí, isso parece que oferece uma sensação de libertação tão grande pré-internet, né?). 

Quando você sai da balsa em diferentes ilhas, alguns proprietários ainda esperam no cais com placas mostrando a disponibilidade de seus apartamentos.

Experimente em junho ou setembro, chegue cedo e mantenha um smartphone com dados à mão, caso as coisas não funcionem.

A ilha de Ios, com sua vibe hippie dos anos 60, e Naxos, coberto de luzes cintilantes ao anoitecer, são particularmente maravilhosos. 

4. Passeio de bicicleta ao longo da costa na Cornualha

A Cornualha é um condado que fica na Inglaterra, Reino Unido, e está relacionada historicamente com a região homônima da Cornualha, França. 

Ande de bicicleta de Wadebridge a Padstow, ao longo da costa britânica na Cornualha, onde o mar tem mil tons de azul e a terra é selvagem e aberta. 

Há lojas de aluguel de bicicletas no início do percurso, com bicicletas para todas as idades. 

Embarque, fazendo uma parada no vagão de trem de beira de estrada [o Atlantic Coastal Express] que serve café delicioso, bolo de limão, panquecas. 

Chegando a Padstow, a cidade caiada de branco é incrivelmente bonita.

Faça fila para pegar o peixe fresco do chef Rick Stein ou, passeie pelas ruas estreitas para comer pastéis de carne locais (também conhecidos como torta de carne) e peixe e batatas fritas cobertos de sal e vinagre, que você pode comer na parede do porto observando as gaivotas e os barcos chegam.

5. Mergulhe na Suécia e conheça sua incrível capital Viking, Estocolmo 

Quando o sol nasce às 3 da manhã no verão e os suecos voltam para casa depois de uma noite de balada na cidade, o mergulho pós-balada é considerado perfeitamente aceitável.

Muita gente que tem dúvidas sobre o que fazer em Estocolmo pode começar a visita conhecendo o Museu do Prêmio Nobel ou um dos bairros mais fofos da Europa o Gamla Stan . 

Estocolmo tem cerca de 15  ilhas, e para dar um mergulho pós balada recomendo  as pequenas enseadas a oeste da ponte Västerbron, na ponta de Långholmen, e os pequenos cais de madeira ao longo de Norr Mälarstrand, na costa sul de Kungsholmen. 

Ambos são privados e seguros. A água limpa, límpida e fresca certamente irá formigar e recarregá-lo para sua viagem de volta para casa, ou para aquele primeiro fika matinal (fika significa café em Sueco).

Você já conheceu ou fez algumas dessas experiências? Qual dessas você gostaria mais de fazer?

 

Post editado com o apoio da Equipe do Blog Elizabeth Werneck 

Comments are closed.